Tronco de pirâmide

Se um plano interceptar todas as arestas de uma pirâmide, paralelamente às suas bases, dividirá o sólido em dois outros: uma nova pirâmide e um tronco de pirâmide. Dado o tronco de pirâmide regular a seguir, temos:

  • as bases são polígonos regulares paralelos e semelhantes;

  • as faces laterais são trapézios isósceles congruentes.

Áreas

Temos as seguintes áreas:

a) área lateral (AL): soma das áreas dos trapézios isósceles congruentes que formam as faces laterais.

b) área total (AT): soma da área lateral com a soma das áreas da base menor (Ab) e maior (AB).

AT =AL+AB+Ab

Volume

O volume de um tronco de pirâmide regular é dado por:

Sendo V o volume da pirâmide e V' o volume da pirâmide obtido pela secção, é válida a relação:

Próximo: Tronco de cone
Como referenciar: "Geometria espacial" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2018. Consultado em 24/04/2018 às 09:37. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/emedio/espacial/espacial22.php