Distribuição de frequências

Quando da análise de dados, é comum procurar conferir certa ordem aos números tornando-os visualmente mais amigáveis. O procedimento mais comum é o de divisão por classes ou categorias, verificando-se o número de indivíduos pertencentes a cada classe.

O exemplo a seguir apresenta um conjunto de tempos para determinada operação.

5,1

5,3

5,3

5,6

5,8

5,9

6

6,1

6,2

6,2

6,3

6,3

6,3

6,4

6,4

6,4

6,5

6,5

6,6

6,7

6,7

6,8

6,8

6,9

6,9

7

7,1

7,1

7,2

7,2

7,3

7,4

7,5

7,5

7,6

7,6

7,6

7,7

7,7

7,8

7,8

7,9

7,9

8

8

8,1

8,2

8,3

8,3

8,4

8,5

8,5

8,6

8,7

8,8

8,8

8,9

9

9,1

9,2

9,4

9,4

9,5

9,5

9,6

9,8

9,9

10

10,2

10,2

10,4

10,6

10,8

10,9

11,2

11,5

11,8

12,3

12,7

14,9

Como referenciar: "Distribuição de frequências" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2018. Consultado em 22/07/2018 às 13:42. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/estat/ap17.php