Seno - Origem da palavra

A palavra seno é derivada do latim sinus, que significa "baía" ou "dobra", o que nada tem a ver com o conceito matemático de seno que conhecemos. Isso ocorreu a partir de uma tradução errônea (via árabe) do sânscrito jiva, e sua variante jya. O matemático Aryabhata usou o termo ardha-jiva ("meia-corda"), que foi abreviado para jiva e então transliterada pelos árabes como jiba. Tradutores europeus, como Robert de Chester e Gherard de Cremona, na Toledo do século XII, confundiram jiba com jaib, que significa "baía", provavelmente porque jiba e jaib são escritas da mesma forma na escrita arábica (esse sistema de escrita, em uma de suas formas, não fornece ao leitor informações completas sobre as vogais).

Alguns afirmam que a palavra sinus apareceu pela primeira vez em uma tradução da Álgebra de al-Khowarizmi, feita por Gherard de Cremona. Por volta do ano 1150, quando fez suas traduções do árabe, ele substituiu o árabe jaib por seu equivalente latino, sinus, de onde veio nossa presente palavra seno.

Já o historiador e matemático Boyer acredita que a primeira aparição de sinus ocorreu em uma tradução de 1145, quando Robert de Chester veio traduzir a palavra técnica jiba e parece tê-la confundido com jaib. Desde então, o termo sinus foi adotado pelos matemáticos europeus em seus próprios escritos e começou a aparecer em várias frases.

Na língua inglesa, a palavra entrou em duas formas: sinus e sine. O Dicionário Oxford tem citações para ambas as palavras no sentido de um "golfo" ou "baía", mas descreve o último uso como obsoleto, sendo que a palavra inglesa sine sobreviveu apenas no sentido matemático.

<< Anterior
Cosseno
Próxima >>
Tangente
Como referenciar: "Seno - Origem das palavras matemáticas" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2019. Consultado em 16/12/2019 às 11:13. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/historia/palavra_seno.php