História do ábaco

O ábaco é um antigo instrumento utilizado para contagem e cálculo. Constituído por vários elementos (argolas, fichas, bolas, etc) que deslizam em hastes fixas, possibilita a realização de operações matemáticas. Ou seja, ao mover esses elementos, podemos somar, subtrair, multiplicar e dividir números.

A palavra ábaco vem do grego abakos e significa "tábua de cálculos". Com provável origem na Mesopotâmia há mais de 5500 anos a.C., o ábaco foi considerado como uma extensão do ato de se contar nos dedos. Foi se disseminando por toda a sociedade, com a mesma função, porém com nomenclaturas diferentes: por exemplo, no Japão era conhecido como soroban e na Rússia como tschoty.

Passando por diversos países, como China, Índia, Egito, Grécia, Itália, Japão e Rússia, foi sendo aperfeiçoado a cada geração, até chegarmos ao ábaco conhecido atualmente, que tem sido utilizado na educação básica para o ensino do sistema numérico e da aritmética. Ao se utilizar esse instrumento como auxílio na educação, é possível ter uma noção do grupo de 10, que constitui a base do nosso sistema numérico atual.

Atualmente, com toda a tecnologia existente, o ábaco foi abandonado em muitos lugares do mundo, mas ainda continua a ser usado por pessoas da China, do Japão e do Oriente Médio. Observe nas figuras abaixo diferentes tipos de ábacos:

Como referenciar: "História do ábaco" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2021. Consultado em 20/10/2021 às 21:00. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/historia/abaco.php

Curso on-line do Só Matemática

Coleção completa das videoaulas do Só Matemática para assistir on-line + exercícios em PDF sobre todos os assuntos, com respostas. Clique aqui para saber mais e adquirir.