Você está em Entretenimento > Poemas

Equacionando o amor

Considerando a seguinte afirmação:

O amor é o produto de um homem com uma mulher.

Chamando eu (o homem) de a e você (a mulher) de b, temos:

amor = a*b

Agora, se somarmos a segunda potência do homem com a segunda potência da mulher e o amor de cada um formaremos o trinômio quadrado perfeito:

a*a + 2*a*b + b*b

Porém, se extrairmos a raiz quadrada dessa equação irá sobrar apenas eu e você, ou seja, irá sobra a+b, pois (a+b)*(a+b) = a*a + 2*a*b + b*b.

Agora eu pergunto: Cadê o amor? Será que ele não existe? A resposta é essa: O amor existe, mas não podemos vê-lo porque está em nossos corações. Amo-te muito, mesmo que você não perceba, não quer dizer que este amor não exista.

Renato Bezerra Kato

<< Anterior
Acróstico matemático
Próximo >>
Teorema
Como referenciar: "Equacionando o amor" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2018. Consultado em 18/01/2018 às 15:34. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/poemas/p16.php