Você está em Entretenimento > Poemas

Amor exponencial, vida logarítmica

Somos como Exponencial e Logaritmo
Funções inversas que se compõem em uma identidade
Sempre me perco em seu domínio irrestrito
Mas é nele que encontro minha imagem, minha felicidade.

Temos uma base comum, diferente de um e sempre positiva
Somos em composição uma identidade viva
E quando a alegria parece decrescente, minha querida
Lembro que você é o conjunto imagem da minha vida.

Seguimos assíntotas distintas
Caminhos nem parabólicos, nem retos
Enquanto você caminha para as abscissas
É com as ordenadas que tento contato direto.

Logaritmando sua potência tenho o expoente perfeito
Encontrando a solução que nos une eternamente
Mas não é fácil caminhar vagarosamente para o sucesso
Enquanto você acelera exponencialmente.

A reta y=x nos separa “equidistantemente”
Graficamente evidencia nossa sintonia
E no plano cartesiano nos amamos loucamente
Nos apresentando em perfeita simetria.

Valdex Santos

<< Anterior
De temida a mais querida
 

Como referenciar: "Amor exponencial, vida logarítmica" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2022. Consultado em 11/08/2022 às 17:20. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/poemas/p114.php

Curso on-line do Só Matemática

Coleção completa das videoaulas do Só Matemática para assistir on-line + exercícios em PDF sobre todos os assuntos, com respostas. Clique aqui para saber mais e adquirir.