Você está em Entretenimento > Curiosidades

Os dez dias que nunca existiram

Você sabia que os dez dias, de 5 a 14 de outubro de 1582, nunca existiram no papel? Ou seja, a noite de 4 de outubro de 1582, uma quinta-feira, foi sucedida pela manhã de sexta-feira, 15 de outubro de 1582.

Isso ocorreu devido a uma medida adotada pelo Papa Gregório XIII, que substituiu o calendário utilizado até a noite de quinta por um novo e mais perfeito, na manhã de sexta.

Mas, por que foi feita essa mudança?


O calendário foi reorganizado por medida adotada pelo Papa Gregório XIII

Desde que o homem começou a medir o tempo, foram feitos diversos tipos de calendários, muitos imprecisos, incluindo o introduzido pelo imperador Júlio César alguns anos antes de Cristo. Na época, mesmo sendo conhecida a defasagem desse calendário, seu erro era quase insignificante para trazer preocupações imediatas. Porém, 15 séculos depois, a defasagem se tornou insustentável e a distorção no calendário juliano já havia consumido 10 dias por completo.

Amparado por uma comissão comandada pelo astrônomo jesuíta Christopher Clavius e pelo físico Aloyisius Lilius, que estudou por quase 5 anos o tema, Gregório XIII assinou a bula Inter gravíssimas, retirando os dias do calendário. Assim, foi introduzida uma nova tabela, conhecida como calendário gregoriano, vigente até hoje, apesar de coexistir com outros calendários utilizados por diferentes sociedades e culturas que organizam de forma diferente seu ciclo anual.

<< Anterior
Milha (unidade de medida)
Próxima >>
As letras gregas na Matemática

Como referenciar: "Os dez dias que nunca existiram" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2022. Consultado em 18/01/2022 às 16:19. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/curiosidades/c131.php

Curso on-line do Só Matemática

Coleção completa das videoaulas do Só Matemática para assistir on-line + exercícios em PDF sobre todos os assuntos, com respostas. Clique aqui para saber mais e adquirir.