Maria Gaetana Agnesi

Maria Gaetana Agnesi nasceu em Milão em 1718, no seio de uma família rica e culta. O seu pai, professor de Matemática na Universidade de Bolonha, proporcionou-lhe uma educação privada primorosa, tendo adquirido conhecimentos profundos em várias áreas, o que não era hábito nas damas desse século.

Aos  9 anos, fez uma palestra em latim, defendendo que as artes liberais - dependentes da inteligência - não eram impróprias para o seu sexo. Aos 13 anos, além do italiano e do latim sabia cinco outras línguas: o grego, o hebreu, o francês, o espanhol e o alemão e por isso cognominavam-na de "O ORÁCULO DAS SETE LÍNGUAS".

Quando tinha 15 anos, o pai introduziu-a num círculo de intelectuais, onde todos saíam maravilhados com a sua sagacidade na área da Matemática, da Física e da Filosofia. Publicou em 1748 uma obra de 2 volumes intitulada "INSTITUZIONE ANALITICHE" com temas de Álgebra, Geometria e Cálculo Infinitesimal. O aparecimento deste livro causou grande sensação por "uma senhora" tratar com tal mestria questões matemáticas consideradas profundas e difíceis. No 2º volume é apresentada uma extensa discussão sobre a curva cartesiana x²y + a²y =a³,vulgarmente conhecida por CURVA DE AGNESI.

Em 1750 o pai adoeceu gravemente e Maria Gaëtana foi convidada a ocupar a cátedra por ele deixada. Mais tarde movida pelos seus sentimentos religiosos, deixou a docência e recolheu-se a um convento, para se dedicar aos que sofriam. Foi encarregada da direcção do hospital da sua cidade, ao qual se dedicou inteiramente, doando toda a sua fortuna e andando a pedir esmola na rua, para os seus doentes. Morreu em Janeiro de 1799 com 81 anos de idade no "seu hospital". Pode dizer-se que foi ilustre pela Ciência e sublime pela Virtude.

Como referenciar: "Maria Gaetana Agnesi" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2019. Consultado em 26/08/2019 às 03:06. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/biograf/maria.php