Tommaso Ceva

Tommaso Ceva foi um matemático, poeta e padre jesuíta italiano. Nasceu na cidade de Milão, em 20 de dezembro de 1648 e faleceu no dia 2 de fevereiro de 1737. Embora menos conhecido que o seu irmão, Giovanni Ceva (nome a partir do qual vem o termo "ceviana"), ele também foi brilhante matemático e físico.

Na matemática, estudou aritmética, geometria e gravidade, publicando a obra Opuscola mathematica (1699). Esta obra, junto a um breve tratado em que propunha um novo método para a divisão dos ângulos, foi resenhada na Acta Eruditorum, uma revista científica mensal alemã que foi publicada durante 100 anos (entre 1682 e 1782), fundada em Leipzig por Otto Mencke e Gottfried Wilhelm Leibniz.

Tommaso Ceva foi professor de matemática e retórica no Colégio de Brera, em Milão. Foi interlocutor de um famoso matemático da época, Guido Grandi, com o qual trocou quase quinhentas cartas. Um de seus alunos foi Giovanni Gerolamo Saccheri, um padre jesuíta e matemático italiano que foi o primeiro a demonstrar teoremas de geometria não euclidiana.

Como poeta, Tommaso Ceva escreveu o poema em latim Iesus puer, traduzido em diversas línguas, e pertenceu a Academia Pontifícia dos Árcades desde 1718.

Como referenciar: "Tommaso Ceva" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2018. Consultado em 19/02/2018 às 10:56. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/biograf/ceva.php