Apolônio de Perga

Apolônio de Perga, matemático grego, chamado "O Grande Geômetra". Viveu durante os últimos anos do século III até princípios do século II a.C. Autor do famoso Tratado das Secções Cônicas que é considerado como uma das principais obras científicas da Antigüidade, dando-lhe assim, o direito de ser a mais eminente figura da ciência grega no campo da geometria pura.

Dos três grandes matemáticos do helenismo, Euclides, Arquimedes e Apolônio, este último tem sido o menos conhecido ao longo dos tempos. Apolônio representa a grandeza técnica especializada, o virtuosismo geométrico por excelência. Os dados da vida de Apolônio são escassos e quase todos de notas que aparecem nas introduções dos diferentes livros de cônicas. 

Apolônio nasceu em Perga, na Panfília, sul da Asia menor. Foi provavelmente uns 20 anos mais jovem que Arquimedes. Parece que estudou e passou muito tempo em Alexandria, cujo Museu e a Biblioteca constituiam, naquela época, o centro do saber ocidental. Apesar disto, parece estranho que não haja referencia nos livros de sua grande obra "As Cônicas" a nenhum dos reis de Alexandria.

Apolônio foi também um astrônomo célebre; o modelo matemático favorito da antiguidade para representação do movimento dos planetas deve-se a ele. Apesar de sua produtividade científica, só dois dos muitos tratados de Apolônio se preservaram em grande parte. Todas as versões gregas de "Dividir segundo uma razão" se perderam há muito tempo, mas não antes de ser feita uma tradição árabe. Em 1706 Halley, amigo de Newton, publicou uma tradução da obra para o latim e depois disso apareceram traduções em línguas atuais.

Como referenciar: "Apolônio de Perga" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2018. Consultado em 21/09/2018 às 02:35. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/biograf/apolonio.php