Você está em Entretenimento > Curiosidades

Origem dos sinais de multiplicação e divisão

O sinal de X, que indicamos na multiplicação, foi empregado pelo matemático inglês Guilherme Oughtred no livro Clavis Matematicae, publicado em 1631. Ainda nesse mesmo ano, Harriot, para indicar também o produto a efetuar, colocava um ponto entre os fatores.

Em 1637, Descartes já se limitava a escrever os fatores justapostos, indicando, desse modo abreviado, um produto qualquer. Na obra de Leibniz, escontra-se o sinal para indicar multiplicação. Esse mesmo símbolo, colocado de modo inverso, indicava a divisão. O ponto foi introduzido como um símbolo para a multiplicação por Leibniz.

As formas a/b e , indicando a divisão de a por b, são atribuídas aos árabes. A razão entre duas quantidades é indicada pelo sinal : , que apareceu em 1657 numa obra de Oughtred. O sinal , segundo Rouse Ball, resultou de uma combinação de dois sinais existentes - e :

<< Anterior
Superstição em torno do número 13
Próxima >>
Quem inventou a fórmula de Bhaskara?
Como referenciar: "Origem dos sinais de multiplicação e divisão" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2018. Consultado em 23/01/2018 às 12:15. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/curiosidades/c64.php