Você está em Entretenimento > Curiosidades

O homem que memorizou mais de 100.000 casas decimais do Pi

O engenheiro japonês Akira Haraguchi, nascido em 1946, é conhecido por memorizar e recitar dígitos do número Pi (). Ele vê a memorização do número Pi como "a religião do universo" e como uma expressão de sua busca vitalícia da eterna verdade. Atingiu o recorde mundial de 100.000 dígitos, após 16 horas de recitação, iniciando às 9h em 3 de outubro de 2006 e terminando à 1h28min do dia seguinte.

Este evento foi filmado em um salão público da cidade japonesa de Kisarazu. A cada duas horas de recitação, Haraguchi tinha cinco minutos de descanso para comer bolinhos de arroz. Até na hora de ir ao banheiro as câmeras o acompanhavam, para provar que não havia fraudes.

Mas, como ele fazia para decorar tantos números assim? O segredo é que Haraguchi utilizava um sistema próprio, que relacionava números e símbolos Kana (sistema japonês de escrita), permitindo assim que o número Pi fosse lembrado como uma série de histórias. Esse método já era utilizado pelos antigos gregos e romanos.

Apesar dos esforços de Haraguchi, o Livro dos Recordes ainda não aceitou nenhum de seus recordes, e atribuem a outro japonês o recorde mundial, Hiroyuki Goto, que recitou o número Pi com 42.195 dígitos decimais em 1995.

<< Anterior
10 fatos interessantes sobre Pi
Próxima >>
O que é escala?
Como referenciar: "O homem que memorizou mais de 100.000 casas decimais do Pi" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2018. Consultado em 16/11/2018 às 08:30. Disponível na Internet em https://www.somatematica.com.br/curiosidades/c116.php